Aprendizagem significativa: o que é e por que é importante
    Array
(
    [0] => :
    [1] => 
    [2] => beieducacao.com.br
    [3] => por-que-e-importante-promover-a-aprendizagem-significativa
    [4] => 
)
  
Q

Por que é importante promover a aprendizagem significativa

PUBLICADO EM August 4, 2022

Entenda o conceito de aprendizagem significativa e confira dicas de como aplicá-la

 

Um dos maiores desafios para os educadores é conseguir proporcionar ao estudante uma aprendizagem efetiva de novos conteúdos. Esse desafio tem sido objeto de estudos que buscam novas metodologias e conceitos. Um deles é a aprendizagem significativa

Esse conceito, proposto em 1963, tem sido muito aplicado em escolas pelo país. E, inclusive, consta nas discussões da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Entenda neste texto o que é a aprendizagem significativa, por que ela é importante e veja ainda algumas formas de como aplicá-la. 

O que é aprendizagem significativa? 

A Teoria da Aprendizagem Significativa foi proposta pelo psicólogo da educação David Ausubel (1918-2008) em 1963, na obra The Psychology of Meaningful Verbal Learning.  

De maneira geral, a obra propõe que, para que o estudante aprenda, é preciso que o novo conhecimento faça sentido, tenha significado para ele. E, para que isso aconteça, essa nova informação deve ser ensinada em relação com conceitos que o estudante já conhece. 

Dessa forma, a aprendizagem significativa se caracteriza pela interação entre conhecimentos prévios e conhecimentos novos.  

Essa interação é não literal e não arbitrária. Em um artigo sobre o tema, Marco Antonio Moreira, do Instituto de Física da UFRGS, explica os dois termos.  

Segundo ele, não literal – ou substantiva – significa que a interação não se dá “ao pé da letra”. É o próprio indivíduo quem atribui significado àquele conceito quando o relaciona com algo que lhe faça sentido.  

Moreira explica ainda que não arbitrária quer dizer que “a interação não é com qualquer ideia prévia, mas sim com algum conhecimento especificamente relevante já existente na estrutura cognitiva do sujeito que aprende”. 

As dimensões do engajamento 

Para compreender melhor como se concretiza essa aprendizagem, é importante conhecer as três dimensões do engajamento:  

  • Dimensão comportamental: quando os estudantes tomam a iniciativa durante uma atividade e demonstram capacidade de observar e respeitar regras estabelecidas pelo educador.  
  • Dimensão emocional: quando os estudantes se identificam com colegas que apresentam os mesmos interesses, valores e emoções.  
  • Dimensão cognitiva: quando os estudantes investem tempo e esforço para realizar as atividades usando diferentes estratégias, pesquisando e compreendendo novos conhecimentos; é quando ocorre a aprendizagem.  

Por que é importante promover a aprendizagem significativa?

Na avaliação de Débora Hack, gerente de projetos e produtos educacionais da BEĨ Educação, a importância de promover a aprendizagem significativa se dá exatamente pelo fato de ela ser caracterizada pela interação entre conhecimentos prévios e conhecimentos novos.  

“Nesse processo, os novos conhecimentos adquirem significado para o sujeito e os conhecimentos prévios adquirem novos significados ou maior estabilidade cognitiva”, afirma. 

Débora destaca que a aprendizagem significativa é duradoura, enquanto a memorização é efêmera. Sobre esta última, ela exemplifica: “assim que utilizamos o que memorizamos em uma prova, por exemplo, fatalmente esqueceremos”.   

Como aplicar a aprendizagem significativa  

De acordo com David Ausubel, há duas condições para que a aprendizagem significativa ocorra:  

– o conteúdo a ser ensinado deve ser potencialmente revelador;  

– o estudante precisa estar disposto a relacionar o material de maneira consistente e não arbitrária.  

“O novo conhecimento deve se conectar de forma substantiva com os conhecimentos prévios do aprendente”, afirma Débora Hack, da BEĨ Educação.  

Na visão da especialista, “ensinar sem levar em conta o que o estudante já sabe é um esforço em vão, pois este novo conhecimento não tem onde se ancorar”.  

Ela explica que, na prática, as condições para que ocorra a aprendizagem significativa são a adoção de materiais e estratégias potencialmente criativas, por parte do educador, e a predisposição para aprender, por parte do estudante.  

Nesse sentido, Débora explica que todos os materiais de Educação Financeira e Cidades da BEĨ Educação trazem a sugestão da aprendizagem por projetos.  

“Nossa proposta é que já no início da elaboração do projeto coletivo o educador realize um diagnóstico com os estudantes para coletar seus interesses e conhecimentos prévios sobre os temas que serão trabalhados nesses materiais”, diz a gerente.  

Segundo ela, esse diagnóstico será “o ponto de partida para que o educador problematize certos assuntos propostos no material”. Assim, ele poderá provocar os estudantes a “pensar sobre eles, fazendo com que conectem esses assuntos a sua realidade”.  

“Dessa forma ele poderá promover a aprendizagem significativa, conectando o que os estudantes já sabem, e seus interesses, ao novo conhecimento”, explica Débora.  

Dicas para implementação 

Nos livros das coleções da BEI Educação, os educadores encontram dicas de como implementar uma aprendizagem significativa para os estudantes.  

Veja algumas delas: 

  • Pesquise sobre estilos de aprendizagem. Preste atenção no que cada estudante gosta de fazer ou no que ele considera fazer melhor. Com base no diagnóstico e na observação em sala de aula, o educador deve encontrar diferentes estilos de aprendizagem em sua turma. É importante que o educador ofereça tipos variados de atividade para atender a estilos distintos de aprendizagem.  
  • Valorize as manifestações dos estudantes quanto aos temas apresentados em sala de aula. Isso dá pistas para o planejamento de atividades.  
  • Consulte os estudantes: de que maneira eles gostariam de “apresentar” os resultados do trabalho e para quem?  
  • Pesquise sobre gerações. Os estudantes são da geração Z. Isso também pode dar muitas pistas ao educador.  
  • Promova ações de cunho investigativo, que mantenham os estudantes motivados. Jovens adoram desafios. 

Outra forma de promover a aprendizagem significativa é adotar metodologias ativas. Conheça neste texto do blog algumas dessas metodologias

#beieducação #aprendizagemsignificativa #educação#BNCC 

Compartilhe