Mais do que ensinar conteúdos, escola deve visar à formação cidadã - BEĨ Educação
    Array
(
    [0] => :
    [1] => 
    [2] => beieducacao.com.br
    [3] => mais-do-que-ensinar-conteudos-escola-deve-visar-a-formacao-cidada
    [4] => 
)
  
Q

Mais do que ensinar conteúdos, escola deve visar à formação cidadã

PUBLICADO EM March 30, 2021

Valorizar o protagonismo do aluno, a autonomia e o pensamento crítico e trabalhar com projetos que dialogam com a realidade são maneiras de promover a educação integral

Primeiro espaço de socialização das crianças, a escola tem a missão de oferecer uma formação integral para os alunos, que vai além do processo de ensino e aprendizagem de conteúdos curriculares. Essa educação inclui a preparação dos estudantes para enfrentarem os desafios acadêmicos e profissionais que terão ao longo de sua trajetória, construírem o seu projeto de vida e atuarem como cidadãos plenos e conscientes de seu papel transformador na sociedade.

Para isso, é importante que a aprendizagem seja significativa, valorize o protagonismo dos estudantes e esteja relacionada à resolução de problemas da vida real. Nesse sentido, ela pode envolver o uso de metodologias ativas e a realização de projetos.

Essas atividades, além de articularem o conhecimento formal com questões do mundo real, favorecem o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, como a comunicação, a colaboração, a empatia, a autonomia e o pensamento crítico. Projetos sociais e ambientais, por exemplo, demandam o trabalho em grupo e a capacidade de interagir com diferentes pontos de vista e mostram a importância da responsabilidade social, da cooperação, da solidariedade e da convivência com a diversidade.

Em seu texto introdutório, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) estabelece que a educação deve afirmar valores e estimular ações que contribuam para a transformação da sociedade, tornando-a mais humana e socialmente justa, e para a preservação da natureza.

Ao estabelecer as competências que os estudantes devem desenvolver ao longo da educação básica, a base também considera os conhecimentos e as habilidades necessárias para solucionar as demandas da vida cotidiana, do pleno exercício da cidadania e do mundo do trabalho.

Entre as dez competências gerais da BNCC estão, por exemplo, “Trabalho e projeto de vida”, que entende que o estudante deve fazer escolhas alinhadas ao exercício da cidadania e ao seu projeto de vida, com liberdade, independência, consciência crítica e discernimento, e “Responsabilidade e cidadania”, que inclui tomar decisões com base em princípios éticos, inclusivos, sustentáveis e solidários.

Ao proporcionar um ambiente rico e diverso, com espaço para os alunos identificarem seus interesses e potencialidades e onde possam desenvolver a autonomia de pensamento, a escola ajuda os estudantes a trilharem suas jornadas pessoais e profissionais e a reconhecerem a importância de sua atuação para uma sociedade justa e democrática.

Compartilhe
Educador - QR CODEEstudante - QR CODE