Itinerários Formativos: o que muda para os estudantes? - BEĨ Educação
    Array
(
    [0] => :
    [1] => 
    [2] => beieducacao.com.br
    [3] => itinerarios-formativos-o-que-muda-para-os-estudantes
    [4] => 
)
  
Q

Itinerários Formativos: o que muda para os estudantes?

PUBLICADO EM August 19, 2021

Flexibilização permite que os jovens tenham uma formação mais alinhada com seus interesses

Uma das maiores novidades para educação brasileira trazidas pelo Novo Ensino Médio são os Itinerários Formativos. Eles compõem a parte eletiva do currículo, ou seja, um conjunto de unidades curriculares ofertadas pelas escolas que os estudantes podem escolher de acordo com seus interesses e aspirações. A proposta é que eles aprofundem e ampliem seus conhecimentos em uma das quatro áreas de conhecimento:

– Linguagens e suas Tecnologias
– Matemática e suas Tecnologias
– Ciências da Natureza e suas Tecnologias
– Ciências Humanas e Sociais Aplicadas

Também é possível realizar a Formação Técnica e Profissional ou os Itinerários Integrados, que incluem diferentes combinações entre as áreas.

Vale ressaltar que todos os Itinerários Formativos devem se basear nos chamados eixos estruturantes, que são: investigação científica; processos criativos; mediação e intervenção sociocultural; e empreendedorismo.

A ideia é que, além da Formação Geral Básica, obrigatória e baseada nas diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), exista uma postura em sala de aula menos conteudista e mais prática com atividades que, de fato, coloquem o jovem no centro do processo de aprendizagem e proporcionem experiências mais enriquecedoras. Em termos mais técnicos, foi estabelecido um máximo de 1.800 horas para a Formação Geral Básica e um mínimo de 1.200 horas para os Itinerários Formativos, sem limite.

A escolha parte do aluno, mas é importante que a escola o auxilie no processo, dando orientações e ferramentas para que a escolha seja a que mais se encaixa em seu perfil. Também é importante que o educador apresente os conteúdos a partir de metodologias ativas, que coloquem o estudante como protagonista do processo de aprendizagem.

Essa é uma situação que dá muita autonomia para o jovem, que aprende desde cedo a desenvolver o seu projeto de vida e tomar decisões. Com os Itinerários definidos, o aprendizado se tornará mais atrativo e alinhado com o futuro que ele sonha.

Compartilhe
Educador - QR CODEEstudante - QR CODE