Q

Como os alunos podem ser mais produtivos nas aulas online?

PUBLICADO EM August 19, 2020

Uma série de medidas devem ser tomadas para a aprendizagem fluir melhor, como ter um local adequado para estudo, estabelecer uma rotina e se organizar para as tarefas

Com o prolongamento da quarentena e das aulas remotas, os estudantes vão se habituando ao estudo online e definindo uma rotina em casa. Para aproveitar melhor as aulas e a interação com os professores e colegas, algumas atitudes são importantes.

A primeira delas é organizar um local da casa para assistir às aulas. Ele deve ser silencioso, bem ventilado e ter boa iluminação. Se possível, as aulas gravadas ou ao vivo devem ser acompanhadas pelo notebook ou computador, pois possuem tela maior que a do celular, facilitando a concentração. Usar mesa de apoio e cadeira na altura correta também auxilia na atenção e evita problemas de postura. É recomendável, ainda, deixar todos os materiais que vão ser usados nesse espaço, para evitar saídas desnecessárias, e avisar a família para não ser interrompido.

Manter a mesma dinâmica todos os dias também colabora para o estabelecimento da rotina. Se as aulas são assíncronas (gravadas), o ideal é assisti-las sempre no mesmo período, preferencialmente no horário que estaria na aula presencial. Especialistas orientam a proceder como se o aluno fosse para a escola — acordar cedo, tomar café da manhã e se arrumar para começar o dia. No caso das aulas síncronas (ao vivo), o estudante precisa se programar para estar com tudo pronto alguns minutos antes do horário marcado para o início. Evitar distrações e permanecer focado são outros aspectos fundamentais. Por isso, é importante não usar o celular e nem navegar na internet durante a aula.

Durante as aulas ao vivo, uma questão que tem surgido, principalmente para os adolescentes, é quanto a deixar ou não a câmera aberta — muitos estudantes optam por mantê-la fechada. Os professores dizem que visualizar os alunos é uma forma de ter feedback, o que ajuda no encaminhamento da aula, pois conseguem perceber se os estudantes estão compreendendo o conteúdo ou não. Assim, para um melhor aproveitamento, a orientação é ativar esse recurso.

E para assimilar melhor os conteúdos vistos nas aulas, fazer as tarefas relacionadas a eles no próprio dia em que foram dadas pode ser uma boa estratégia. Para não perder o encadeamento dos assuntos, vale anotar todas as dúvidas que surgirem para apresentar ao professor na aula seguinte.

Por fim, ficar em isolamento social não significa não poder contar com os colegas para estudar ou realizar atividades. É possível fazer chamadas de vídeo ou marcar reuniões remotas para trocar ideias e informações, discutir tópicos e trabalhar em grupo.

Compartilhe