A importância da atenção seletiva no ensino à distância - BEĨ Educação
    Array
(
    [0] => :
    [1] => 
    [2] => beieducacao.com.br
    [3] => a-importancia-da-atencao-seletiva-no-ensino-a-distancia
    [4] => 
)
  
Q

A importância da atenção seletiva no ensino à distância

PUBLICADO EM August 16, 2021

Dentro de casa por conta da pandemia, os estudantes precisam driblar as distrações para manter a concentração

O confinamento necessário por conta da pandemia acabou afetando diversos setores da sociedade – e a educação não ficou de fora. As aulas passaram para a modalidade à distância, no ambiente online e, com isso, tudo o que era feito na escola foi transferido para dentro de casa. Crianças e adolescentes precisaram, então, conciliar as tarefas, videoaulas, provas e atividades com a rotina doméstica.

E se a concentração no ambiente doméstico já foi um desafio para os adultos, imagine para os mais jovens. Distrações por todo lado; a família, muitas vezes, dividindo o mesmo ambiente; dispositivos eletrônicos mais acessíveis; e ainda todo o estresse e a ansiedade de passar dia após dia em casa, sem encontrar com amigos e colegas. Todos esses fatores podem aumentar a falta de foco. Por isso, é importante que o cérebro tenha mecanismos para conseguir direcionar a atenção para o que realmente importa em cada momento.

Um desses mecanismos é a atenção seletiva. Capaz de selecionar as informações importantes e excluir o que pode ser ignorado, esse tipo de atenção é uma espécie de filtro que faz determinada atividade se destacar, enquanto o resto passa despercebido ou é feito de maneira automática.

Impacto nos estudos

No contexto de ensino à distância, essa capacidade é extremamente importante para inibir todos os estímulos do ambiente familiar, as interrupções e as distrações ao redor do aluno. Ela que permite o foco na aula, na leitura ou nos exercícios, contribuindo para a evolução da aprendizagem como um todo.

Na prática

Mas, mesmo com a existência da atenção seletiva, o estudante pode aumentar o seu foco com atitudes simples. Isso, porque a capacidade de se concentrar é algo que pode ser estimulado ou inibido a partir de diversos fatores psicológicos, físicos e ambientais.

Em termos de espaço, é importante se afastar de distrações durante o período de estudos. Atitudes como deixar o celular em outro cômodo, tentar achar um ambiente mais silencioso e isolado podem fazer toda diferença.

Já quando falamos de aspectos mentais, para aumentar o foco, vale fazer algumas pausas entre uma aula e outra. Por mais que o objetivo seja atingir uma alta produtividade, ela só será possível se houver uma rotina equilibrada, com momentos de lazer, distração e descanso.

Além disso, é difícil fugir de algumas máximas, como alimentar-se bem, praticar atividades físicas e ter uma rotina equilibrada. Esses três pilares permitem que o estudante consiga se manter focado por um período prolongado e com uma qualidade maior na concentração.

Com esses elementos, é possível otimizar ainda mais a atenção, essa capacidade tão fundamental para a produtividade no dia a dia.

Compartilhe
Educador - QR CODEEstudante - QR CODE