5 estratégias para ser proativo nos estudos - BEĨ Educação
    Array
(
    [0] => :
    [1] => 
    [2] => beieducacao.com.br
    [3] => 5-estrategias-para-ser-proativo-nos-estudos
    [4] => 
)
  
Q

5 estratégias para ser proativo nos estudos

PUBLICADO EM September 17, 2021

Alunos com essa habilidade socioemocional têm melhor rendimento escolar e estão mais preparados para o futuro no mercado de trabalho

Pessoas proativas enxergam oportunidades, concentram-se nos objetivos e tomam decisões. Não se limitam a realizar questões apenas se forem solicitadas. Ao contrário, têm iniciativa, assumem reponsabilidades, saem de sua zona de conforto e agem como protagonistas em busca de soluções. Não é à toa que a proatividade está entre as competências socioemocionais mais valorizadas no mercado de trabalho.

Mas como o aluno pode desenvolver, ou melhorar essa habilidade, para incrementar seu aprendizado?

1. Organização, a base do sucesso
Estudar sozinho, sem a presença do professor ou de alguém da família, é uma forma de exercitar a autonomia e o grau de comprometimento com o próprio aprendizado. Organizar o tempo dedicado a cada disciplina ou tarefa, separar os materiais que serão utilizados e decidir a melhor maneira de assimilar o conhecimento garantem um ótimo começo para quem procura ser proativo.

2. Prioridade é prioridade
Estabelecer uma rotina e manter o foco ajuda a entender quais são os principais objetivos no momento do estudo. Dispersar a atenção em outras atividades, procrastinar ou negligenciar o que é prioritário para o autodesenvolvimento só trará prejuízos depois. O aluno proativo tomará a decisão de priorizar o que é preciso para cumprir prazos, metas e buscar os melhores resultados.

3. Planejamento como chave mestra
Durante o processo de aprendizado, uma maneira de ser mais proativo é estipular onde se quer chegar e planejar as etapas para atingir o objetivo. Se o aluno quer melhorar seu desempenho em determinada disciplina, por exemplo, e sabe que haverá uma prova, pode se aprofundar no assunto com antecedência, realizar pesquisas, estudar mais, tirar dúvidas com o educador ou os colegas e, até mesmo, realizar imersões que agreguem conteúdo extra.

4. Solução não é problema
A criatividade caminha lado a lado com a proatividade. No estudo, isso se traduz em não culpar os outros pelos problemas, mas ao identificá-los tentar resolvê-los, ou seja, procurar soluções para fazer as coisas acontecerem e, com isso, enriquecer a trajetória educacional, pessoal e social.

5. Aprendizado contínuo
No ritmo acelerado de mudanças da sociedade atual, a proatividade está diretamente ligada à busca incessante pelo conhecimento. No conceito de “lifelong learning”, ou aprendizado contínuo, o aluno é protagonista. Áudios, vídeos, livros, cursos, interações, vivências…são inúmeras as possibilidades de tomar a iniciativa e incrementar a formação educacional, cultural e cidadã.

Compartilhe
Educador - QR CODEEstudante - QR CODE